sábado, 18 de fevereiro de 2017

Tod




"Que Deus nos dê a todos (...) uma morte tão suave e tão bela."

Joseph Roth, Lenda do Santo Bebedor, trad. Álvaro Gonçalves, Lisboa: Assírio & Alvim. 1997, p.  86 

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Schwermut 2






"Ah, o passado.
O tempo onde se acumularam 
os dias lentos."

Herberto Helder, Poesia Toda, Lisboa: Assírio & Alvim, 1996, p. 222

Schwermut 1




"Espero que o amor enleve a minha melancolia.
E flores sazonadas estalem e apodreçam
docemente no ar.
E a suavidade e a loucura parem em mim,
e depois o mundo tenha cidades antigas
que ardam na treva da sua inocência lenta
e sangrenta.
Espero tirar de mim o mais veloz 
apaixonamento e a inteligência mais pura."

Herberto Helder, Poesia Toda, Lisboa: Assírio & Alvim, 1996, p. 126

sábado, 31 de dezembro de 2016

Versprechung





"Prometi a mim mesmo três coisas neste dia. Conhecer a origem em mim desta frustração. Nunca mais gritar (...). Perdoar-me sempre que for preciso porque o amor não vem nos livros. É a vivência que o manifesta e o corrige."

Pedro Fernandes, "Como lidar com as birras" in http://pedrofernandes.com.pt/

Treppenstufe





"uma frescura é que me molhou a pele, conheço bem a zona e nunca tinha sentido essa frescura, vi uns degraus partidos e pensei que era melhor não pisar, saltei, subi mais, as conchas do meu saco faziam mais barulho, só que meu coração me dizia pra subir, continuei"

Ondjaki, Os transparentes, Alfragide: Caminho, 2012,  P. 269